Como reduzir os custos de seu consultório médico

Como reduzir os custos de seu consultório médico

Não está fácil para ninguém. Nos tempos de hoje, todos nós estamos fazendo o possível e o impossível para ajustar nossos gastos ao orçamento. Para o médico não é diferente. Manter um consultório em perfeitas condições para atender seus clientes é bastante dispendioso e, por que não dizer, trabalhoso.

Conheça as suas despesas

Para saber onde cortar custos, é importante reunir e listar todas as despesas, incluindo manutenção de equipamentos, pagamento de funcionários, compra de novos materiais, investimento em comunicação e todas as despesas recorrentes (as contas mensais) ou as esporádicas (cursos de capacitação, entre outros).

Mapeie também as suas receitas e a quantidade de pacientes que você possui atualmente.

Realize um diagnóstico

Assim como os seus pacientes, o seu consultório também precisa de uma avaliação criteriosa para, a partir disso, iniciar o tratamento mais indicado para manter a saúde. Todo consultório possui despesas fixas que não podem ser cortadas, pois prejudicariam o andamento das atividades e qualidade dos serviços. Portanto, antes de cortar, saiba o que é essencial para a empresa.

Com essa lista do que é dispensável e quais recursos podem ser mais bem utilizados, ficará mais fácil descobrir como reduzir custos.

Negocie com seus fornecedores

Um dos caminhos importantes para enxugar custos é analisar se seus fornecedores estão cobrando preços acima do executado pelo mercado. Pesquise, faça orçamentos e negocie com seus parceiros e concorrentes o melhor custo-benefício para o seu consultório.

Fique atento aos vencimentos e taxas

Um dos erros mais comuns, tanto na gestão de empresas quanto nas finanças pessoais, é o atraso no pagamento das contas, que resultam em multas e juros. Por isso, um dos primeiros passos rumo ao objetivo de enxugar custos é ficar atento aos vencimentos e programar os pagamentos, evitando, assim, o esquecimento e possível atraso.

Uma das dicas é criar um calendário de pagamentos e monitorá-lo semanalmente ou diariamente. Outro ponto importante é conhecer suas taxas bancárias e avaliar se alguma delas pode ser reduzida ou suprimida.

Procure ajuda de profissionais

Diante de assuntos financeiros mais complexos, como quitação de financiamentos ou investimentos em longo prazo, é recomendado procurar seu contador, consultor ou analista financeiro, para que ele possa te auxiliar nas melhores soluções e indicar o melhor caminho para a sua empresa no mercado financeiro.

Invista em um software médico

Hoje, existem muitas soluções no mercado para te auxiliar na gestão do seu negócio. Com tantas demandas e decisões para serem tomadas, os softwares são ferramentas desenvolvidas especialmente para otimizar seu tempo e aglutinar dados importantes para o seu negócio em apenas um lugar. Com esta  ferramenta é possível  realizar as medições necessárias e transmitir remotamente os dados aos especialistas, cortando assim diversos custos de envio e gestão de informações.

Esperamos que essas dicas, ajudem você a reduzir custos no seu consultório e a deixar seu negócio com a saúde em dia. Acompanhe o blog  da Rio Habitar e continue acompanhando outras dicas para economizar no seu dia a dia.

VENHA PARA A HABITAT CONSULTÓRIOS COMPARTILHADOS

Alugar  um consultório compartilhado, no modelo do chamado coworking, é uma nova forma de considerar seu ambiente de trabalho.

Diversos profissionais de saúde utilizam a mesma estrutura física, atendendo em salas individuais, compartilhando gastos  e se beneficiando de serviços em comum: luz, telefonia, internet, limpeza, recepcionista, tudo já está incluído no aluguel.

 

Tags: No tags