Gestão de Consultórios - Foto de Kindel Media no Pexels

Gestão de Consultórios: 4 tarefas para delegar agora!

Realizar a gestão de consultórios é uma tarefa constante na vida de muitos profissionais de saúde, que prejudicam seu rendimento e diminuem sua produtividade.

Nós sabemos o quanto você trabalha e quanta responsabilidade carrega no atendimento aos seus pacientes: o profissional da saúde tem uma dedicação muito grande à sua carreira, tanto na atualização de procedimentos e no estudo contínuo para aprimorar técnicas e descobrir novas possibilidades, quanto nas longas horas de atendimento. Por isso, queremos te ajudar a identificar quais tarefas diárias podem ser deixadas de lado, ou delegadas para que você possa se dedicar mais aos seus pacientes e a atrair mais clientes. Começando pela gestão de consultórios.

Administração do consultório:

Não tem nada mais desgastante para um profissional da saúde do que ter que se preocupar com contas para pagar de luz, água, internet, aluguel, condomínio e IPTU. É uma verdadeira gestão de recursos e de despesas recorrentes que tira o sono e o foco do que realmente importa no dia a dia. Esse é um problema que se tem quando a gestão de consultórios fica sob a responsabilidade do profissional de saúde.

Gestão dos insumos:

Os itens de uso diário, como luvas, papel toalha, produtos de limpeza etc., dificilmente acabam ao mesmo tempo, e de modo geral, consultórios não possuem muitos espaços de armazenamento disponível, dificultando que você possa comprar todos os insumos necessários de uma só vez. Isso cria ainda mais um fluxo de gestão para a sua rotina, já que precisa ficar de olho em cada item individualmente, e fazer vários pedidos ao longo do mês.

Gestão de equipe de atendimento:

Lidar com funcionários não é tarefa simples, vamos falar a verdade. É complicado ter que gerir pessoas com necessidades, demandas e realidades diferentes. Tem muito treinamento envolvido e gestão das rotinas e tarefas diárias. É sempre bom ter pessoas responsáveis pela gestão de consultórios que possam cuidar de secretárias, recepcionistas, profissionais de limpeza e de manutenção. Muitas vezes o desgaste de lidar com a equipe é maior que os problemas inerentes à sua profissão, pois além de garantir um ambiente de trabalho saudável para os colaboradores, ainda é necessário supervisionar a forma como atendem os seus pacientes, para garantir que a experiência seja positiva.

Manutenção:

Já reparou que equipamentos falham nos momentos mais inoportunos? Que quando você não pode gastar com obra ou com serviços de manutenção é exatamente o momento em que um cano estoura, uma infiltração acontece, uma poltrona quebra, o ar-condicionado para de funcionar? Esse tipo de problema, do qual não temos nenhuma forma de controlar ou prever, às vezes causa um rombo no seu orçamento mensal e ainda pode te impedir de atender por alguns dias no seu consultório próprio. Cuidar da manutenção do espaço e equipamentos acaba se tornando ainda mais uma tarefa na sua rotina já abarrotada.

Essa é só a ponta do iceberg

Essa lista engloba apenas algumas das tarefas envolvidas na administração de um consultório, e olha que nem falamos sobre legalização, alvarás, etc (contamos tudo sobre o tema neste artigo). Muitos profissionais de saúde sonham em ter o seu próprio local, pensando apenas na decoração e atendimentos, mas esquecendo que está abrindo um negócio, que demanda atenção e que a gestão de consultórios é um processo importante, já que interfere na eficiência de atendimento e que também influencia na gestão financeira do negócio.

Por esse motivo, cada vez mais médicos e outros profissionais da área da saúde tem optado por realizar seus atendimentos em consultórios inteligentes, onde não apenas são poupados de toda a rotina administrativa, como também são amparados de diversas maneiras.

Por exemplo: Se fizer parte de um coworking médico, e o ar-condicionado do seu consultório parar de funcionar, você será direcionado a outro consultório de padrão igual ou maior, e poderá dar continuidade aos seus atendimentos sem dificuldade.

Em um consultório particular, você precisaria cancelar seus atendimentos até que o problema fosse resolvido, significando uma perda considerável de receita e um desgaste de relacionamento com os pacientes.

Fora tantos outros benefícios, como poder alugar um consultório de alto padrão, em um bairro nobre, que talvez fosse inacessível para você sozinho. Ter uma equipe de atendimento treinada, sem que você precise cuidar da gestão. Ter todas as contas do espaço pagas, sem que você precise se preocupar com vencimentos… São muitas vantagens que você tem quando delega a gestão de consultórios com uma equipe especializada.

Num momento como esse, em que quanto mais tempo você puder investir no bem-estar dos seus pacientes, melhor, nossa sugestão é que você direcione todos os seus esforços diários para construir uma base de pacientes, e que invista em um relacionamento ativo, para que sejam geradas indicações e ótimos feedbacks.

É nessa hora em que as coisas estão incertas que ainda é mais imprescindível o profissional de saúde ter tempo para se dedicar a atender e a atrair mais clientes.

Invista na sua carreira e deixe o restante com a gente. Para saber mais sobre como atender em consultórios inteligentes, basta clicar aqui e falar com nossos especialistas via WhatsApp.

Inscreva-se e saiba sempre que um novo conteúdo for lançado aqui no blog!

Compartilhe este conteúdo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print
Shopping Basket