saibacomoconseguirmaispacientespormeiodomarketingparamedicos

Saiba como conseguir mais pacientes por meio do marketing para médicos

A era da informação trouxe consigo inúmeras possibilidades para os profissionais das mais variadas áreas de atuação. A saúde é uma delas e é a grande beneficiada pelas novas estratégias de marketing para médicos.

Com o número crescente de médicos no país — só em 2018, esses valores chegavam a 2,18 médicos por mil habitantes —, é preciso se reinventar para se diferenciar e, assim, captar e fidelizar seus pacientes.

Neste post, vamos falar um pouco mais sobre o que é e sobre como funciona o marketing para médicos no Brasil, bem como acerca de quais são as melhores estratégias e de como implementá-las com sucesso. Continue a leitura!

O que é o marketing para médicos e quais são os seus 3 pilares?

Quando uma pessoa está doente, o que ela faz? Procura por um médico, correto? Com essa ideia em mente, vamos analisar algumas possibilidades para que esse paciente em potencial possa encontrar a melhor solução para o seu problema. Ele pode:

  • procurar por seus sintomas em redes de pesquisa online;
  • buscar um médico pela lista de seu plano de saúde; ou
  • pedir indicações para amigos ou familiares.

Nessa última opção, muito provavelmente, esse paciente está à procura de um médico — particular, com atendimento de qualidade e que ofereça a melhor solução para o seu problema de saúde, da forma mais rápida e eficaz.

No entanto, como fazer para que esse paciente encontre o seu consultório? É nesse ponto que o marketing para médicos entra, atuando como uma ferramenta poderosa capaz de atrair e fidelizar pacientes — novos e antigos.

Por definição, podemos explicar marketing como toda ação que você executa com a finalidade de comunicar, criar e entregar valor para um cliente, nesse caso, um paciente. Não se trata apenas de divulgar o seu trabalho, mas de zelar por toda a experiência do paciente.

Para utilizar essa ferramenta da melhor forma possível, podemos dividi-la em 3 pilares fundamentais, vamos falar sobre eles?

1. Atendimento

Quando falamos em atendimento, falamos sobre tudo o que envolve essa etapa: a marcação de consulta, a recepção do consultório, o atendimento do médico, o pós-consulta e, até mesmo, os possíveis diferenciais de interação com esse paciente fora da clínica.

2. Divulgação

A divulgação abrange toda a estratégia de marketing e de posicionamento de marca e a melhor forma de abordar cada tipo de paciente. Isso também permite identificar quais são as melhores opções de atendimento, que acabamos de falar, e do próximo pilar.

3. Preço

Precificar seu atendimento da forma correta é fundamental não apenas para conseguir mais pacientes, mas também para não ter problemas com o fluxo de caixa da sua clínica, do consultório e do seu trabalho de modo geral.

Vale ressaltar a importância de sempre seguir as normas estabelecidas pelo CFM, como: não publicar fotos de “antes e depois” de pacientes, ter seu nome envolvido em propaganda enganosa e consultar, diagnosticar ou prescrever a distância.

Como conseguir mais pacientes utilizando o marketing para médicos?

Como vimos no início deste post, o número de médicos no país está aumentando a cada ano e, quanto mais médicos se formarem, mais clínicas e consultórios serão abertos — o que aumenta também a concorrência.

No entanto, algumas dicas poderão ajudar a reverter esse cenário a seu favor e é sobre elas que vamos falar a seguir. Confira!

Saiba quem são seus pacientes

O primeiro passo de qualquer estratégia de marketing é saber com quem você vai falar. Dificilmente, uma pessoa que comumente busca por atendimento em uma clínica popular vai contratar os serviços de um médico particular que cobre 7, 10 vezes mais o valor habitual.

Com isso em mente, analise quem são seus pacientes (pessoas às quais você comumente atende ou gostaria de atender) e registre todas as informações possíveis sobre elas: idade, grau de instrução, onde moram, o que buscam etc. Quanto mais detalhadas forem essas anotações, melhores serão seus resultados.

Crie uma marca profissional poderosa

Ter uma identidade clara e forte na mente das pessoas é o segundo passo dessa estratégia. Como você gostaria que as pessoas conhecessem o seu trabalho? O que você espera que elas pensem ao ouvir seu nome?

Responda a essas perguntas e vá criando uma identidade própria, a sua marca profissional poderosa para que seu nome seja lembrado como uma referência em sua área de atuação. Isso nos leva ao próximo passo.

Demonstre autoridade no assunto

Mostre que você sabe do que está falando! Faça publicações educativas sobre a sua especialidade. Se você for generalista, fale sobre saúde e bem-estar de modo geral. O mais importante é produzir um conteúdo de qualidade com constância e consistência.

Ou seja, quanto mais você produz, maiores são as chances de ter esse conteúdo encontrado e, consequentemente, maiores serão as oportunidades de conquistar novos pacientes que já estarão propensos à fidelização por conhecer e confiar em seu trabalho antes mesmo da marcação de uma consulta.

Esteja nas redes sociais

Para que as dicas anteriores possam ser intensificadas, tenha a tecnologia como aliada! Nunca foi tão fácil conquistar pacientes, mas nunca foi tão fácil perdê-los em contrapartida. Para que isso não aconteça com você, manter também sua presença online é fundamental, embora não seja a única opção.

Duvida? Faça, então, uma pesquisa nas redes sociais e analise o perfil dos médicos mais conhecidos pelo público. Todos, sem exceção, têm algo em comum: são ativos no meio digital. E você, como está a sua presença online?

Tenha uma rede de indicação

Não poderíamos deixar de lado a boa e velha indicação, não é mesmo? É a mais antiga estratégia e que não falha na hora de produzir novas possibilidades de captação de pacientes.

Para isso, tenha uma rede de contato com bons médicos que complementem seu trabalho de alguma forma. Existe espaço para todos os profissionais que realmente se dedicam ao seu atendimento e aos cuidados com os seus pacientes. Essa informação nos leva a uma dica extra que pode intensificar esse networking. Veja a seguir!

Faça atendimentos em um coworking

Essa última dica é realmente poderosa e traz inúmeras vantagens para o médico, além da facilidade de networking, por exemplo. Você se lembra de que falamos sobre os 3 pilares do marketing para médicos?

Então, em relação ao atendimento, um coworking é um ponto positivo por ter profissionais qualificados na recepção, para marcação de consultas (dependendo do plano) etc. Além disso, muitos desses espaços têm suas próprias estratégias de marketing, o que também influencia positivamente a sua própria divulgação.

Por último, com os custos reduzidos em termos de investimento para o médico que contrata um espaço de atendimento compartilhado, os valores cobrados com consultas podem diminuir ou ser direcionados para melhorias e para a personalização nos atendimentos.

Todas essas opções são partes integrantes do marketing para médicos e podem intensificar ainda mais a captação e a fidelização de novos pacientes, bem como a consolidação de seu trabalho no mercado e na mente das pessoas.

Gostou das dicas e quer saber mais sobre os principais benefícios do coworking para a área médica? Confira o post que fizemos sobre o assunto!

Inscreva-se e saiba sempre que um novo conteúdo for lançado aqui no blog!

Compartilhe este conteúdo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print
Shopping Basket
WhatsApp chat