habitat_riohabitatcompravendaelocacao_image_89

Tempos de crise: entenda como o coworking médico pode ser a solução

O atual cenário, gerado pela pandemia causada pela COVID-19, trouxe um momento de muita incerteza para as mais diferentes áreas — e o setor médico, na parte de consultórios e clínicas, também sentiu os efeitos. Isso porque a quarentena afastou muitos pacientes de consultas de rotina que, assustados, evitam comparecer aos consultórios sem ser para emergências.

Com isso, os aluguéis começam a encarecer, e os valores médios mensais que você recebia antes começam a diminuir. Como resolver isso? Calma, pois é possível adaptar-se para minimizar gastos e continuar atuando de forma eficiente.

Uma opção, em tempos de crise, é contar com um coworking médico. Vamos falar mais sobre o tema para que você possa ver como ele poderá ser uma solução incrível para a sua situação. Boa leitura!

O que é um coworking médico?

O coworking médico é um espaço colaborativo que pode ser utilizado pelos mais diferentes profissionais da área da saúde. O local conta com uma estrutura de salas-padrão para atendimentos, que podem ser adaptadas para diversas especialidades. O profissional de saúde pode, assim, agendar seus pacientes para serem atendidos nesses locais. O valor do aluguel da sala é pago de acordo com o plano assinado com a empresa.

Esse conceito está inserido dentro de uma filosofia de economia compartilhada. Para muitos profissionais, principalmente iniciantes, é difícil começar com uma sala própria exclusiva, o que dificulta o início da carreira.

Quais as vantagens de um coworking médico?

Optar por um coworking médico pode ser o diferencial para conseguir manter suas atividades em um momento de crise. Vamos mostrar as principais vantagens desse modelo a seguir.

Redução de custos

Como os custos (locação, água, luz, telefone, internet) são divididos entre todos que utilizam o espaço ao longo do mês, o valor a ser pago no final do período é bem menor do que seria ao encarar essa jornada sozinho.

Networking

Você poderá ter contato com outros profissionais importantes no seu dia a dia, que poderão auxiliar não só com dicas para a sua carreira, mas também com indicações clínicas. Quer ver um exemplo?

Um cardiologista, ao avaliar o exame de sangue de um paciente, verifica que ele necessita de um acompanhamento com um endocrinologista para avaliação de um quadro de hiperglicemia. Se você atuar no coworking médico, poderá ser indicado pelo seu parceiro.

Melhor infraestrutura

As salas-padrão já dispõem dos melhores equipamentos para você que vai começar agora, de forma que não será necessário arcar com os custos de aquisição, ou, então, adquirir equipamentos e móveis usados para reduzi-los. Com isso, seu atendimento poderá ser otimizado, bem como o seu paciente poderá ser encantado com uma melhor infraestrutura.

Suporte administrativo

O próprio coworking entrega um suporte administrativo eficiente, de forma que você não precisará se preocupar com a contratação de recepcionistas ou gerenciar, sozinho, a sua agenda. Basta que você informe para o responsável os dias e os horários disponíveis para agendamento e eles realizarão todo o processo.

Além disso, em caso de dúvidas ou problemas, o time de suporte pode resolver as questões rapidamente, minimizando eventuais estresses que possam vir a ocorrer.

O coworking é uma boa opção apenas durante a crise?

A resposta é: não. Ele é uma opção para você que está começando agora e ainda não tem um volume alto de capital para adquirir os equipamentos necessários. Além disso, nesse momento, é importante poder contar com o auxílio de outros profissionais mais experientes, que também atenderão no local e que poderão ensinar muitas coisas a você.

Outro ponto positivo para o uso dessa modalidade de locação é não precisar lidar com questões administrativas e, também, não deseja desperdiçar recursos com custos desnecessários

Além disso, se você apoia a economia colaborativa, sabe que o coworking é uma forma de permitir que outras pessoas que estejam começando no momento possam ter uma estrutura para iniciar suas clínicas futuramente, criando um ambiente de crescimento mútuo.

Pode ser indicado, também, para aqueles que estejam com o intuito de desacelerar o ritmo de atendimentos, mas ao mesmo tempo, não querem perder receita. Então, a redução de custos torna-se, assim, bem estratégica nessas situações.

O coworking é uma opção interessante, como vimos, para que os profissionais de saúde continuem atuando, sem maiores problemas, em tempos de crise. Portanto, considere essa opção e continue alavancando sua carreira, mesmo em um momento delicado.

Gostou deste conteúdo? Quer mais dicas importantes para a sua carreira? Siga nossos perfis no Facebook e no Instagram e confira nossas dicas diretamente em seu feed de notícias.

Inscreva-se e saiba sempre que um novo conteúdo for lançado aqui no blog!

Compartilhe este conteúdo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print
Shopping Basket
WhatsApp chat